Benefícios do governo para famílias de baixa renda!

O Governo Federal na busca da melhoria de qualidade de vida dos brasileiros mantém bons benefícios para famílias de baixa renda. A proposta não é apenas dar dinheiro a quem não tem renda mas ajudar quem ganha pouco a ter uma melhor alimentação, transporte e estudo. Conheça alguns dos benefícios e quem tem direito a eles.

Benefícios do governo com complementação de renda

Bolsa Família – Famílias sem salário algum ou com renda de até dois salários mínimos possuem direito ao Calendário Bolsa Família 2017. O programa é uma ajuda financeira mensal para ajudar na feira básica com valores que vão de R$ 39 a R$ 1170. Não podem ultrapassar R$ 195 em uma única família.

Possuem direito à bolsa família:

  • famílias em situação de extrema pobreza
  • famílias de baixa renda
  • crianças de 0 a 6 meses
  • lactantes com crianças de até um ano
  • gestantes para recebimento de uma bolsa por até 9 meses
  • adolescentes de 15 a 17 anos matriculados e frequentes na rede pública de ensino

Para se cadastrar é preciso procurar os postos de atendimento de sua cidade. Tenha em mãos comprovante de residência, de renda e documentos pessoais de quem vai receber a bolsa. Para saber mais é só clicar aqui.

Benefícios do governo para educação

Não é preciso calcular na ponta do lápis para saber que há muito mais estudantes do ensino médio (somando escolas públicas e particulares) que universidades no Brasil. Para solucionar parcialmente o problema e abrir mais oportunidades de estudo o governo possui alguns programas como o FIES e ProUni.

programas-do-governo-1

O FIES ou Financiamento Estudantil ajuda jovens de baixa renda a financiar seus estudos. Com verba federal o aluno matriculado em universidade ou faculdade privada pode pagar seus estudos apenas depois que os concluir. Com o diploma na mão tem até dois anos para pagar todo o valor do curso. O Enem é pré requisito para conseguir o financiamento. Para saber mais clique aqui.

Já o ProUni abre bolsas de estudos em instituições particulares de 50% a 100%. O aluno deve se cadastrar no ano anterior e informar o curso e instituição pretendida e fazer a prova do Enem. O programa ainda beneficia professores da rede pública em busca de melhor profissionalização para exercer bem seu trabalho. Para saber mais é só clicar aqui.

Nestes dois tipos de programas os alunos devem:

  • ter concluído o ensino médio
  • ter renda familiar máxima de três salários mínimos
  • ter feito o Enem a partir de 2014
  • não ter nota zero na redação do Enem ou menor que 450 na prova de conhecimentos gerais
  • não ter diploma

Benefícios do governo para empregos

Um dos maiores programas para quem deseja se inserir no mercado de trabalho é o Pronatec. A proposta é ofertar cursos profissionalizantes completamente gratuitos para jovens e adultos com desejo de conseguir uma boa vaga de emprego.

programas-do-governo-3

Os cursos são das mais diversas áreas como profissionais de construção, mecânica, para atuação em fábrica e laboratorial. Podem ser feitos na modalidade à distância ou em cursos presencial. Uma das instituições em parceria com o Governo é o Senai com vagas exclusivas para o programa. Para saber mais clique aqui.