Saiba para onde vai o dinheiro pago ao seguro DPVAT

Anualmente, o proprietário de veículos deve cumprir com algumas taxas obrigatórias. Um bom exemplo deste valor tão necessário, é o pagamento do DPVAT, um dos recursos mais importantes para o trânsito.

Nem todo mundo entende o funcionamento deste seguro e acaba ficando com dúvidas quanto a arrecadação dele. Afinal, para onde vai o dinheiro pago ao seguro do DPVAT? Descubra isso e muito mais a seguir.

O que e o DPVAT?

O Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores (DPVAT) é uma taxa a ser cumprida por todo proprietário de veículos no Brasil, a fim de custear reembolso e remuneração por possíveis danos em acidentes de trânsito.

Este é um dos poucos seguros que não busca um causador para casualidade, e por isso, toda e qualquer pessoa que for afetada por um acidente de trânsito poderá receber o valor do benefício.

Motorista, pedestres, passageiros e pessoas que estiverem em outros automóveis e forem prejudicadas podem solicitar o valor do seguro e receber até R$13 .600.

Mas vale lembrar que este valor só é liberado, quando os motoristas em questão estão cumprindo corretamente com o seguro do DPVAT. Caso, esteja em situação irregular, todas as pessoas envolvidas só irão receber o seguro quando as taxas forem cumpridas pelos motoristas. Por isso, verifique o DPVAT 2019 e não deixe de efetuar o pagamento dele!

Para onde vai o dinheiro arrecadado?

Todo motorista deve cumprir com o DPVAT, mas ele não é utilizado por ele mensalmente. Então, para onde vai o dinheiro que a taxa arrecada?

Para custear o atendimento e socorro das pessoas envolvidas em acidentes de trânsito, cerca de 45% do valor arrecadado fica sob propriedade do Fundo Nacional de Saúde (FNS) e do Ministério da Saúde. Desta forma, os prejudicados por uma situação no trânsito podem ser atendidos pelo SUS.

Outros 5% deste valor total são destinados ao Departamento nacional de Trânsito (Denatran) de cada um dos ministérios. Este valor é direcionado a programas e projetos que buscam prevenir acidentes. Cerca de 2,9% da arrecadação do DPVAT são direcionadas ao órgão responsável pela gerência do seguro no país.

O que resta, sendo 48,1% é destinado a cobrir as solicitações do benefícios por milhões de pessoas. Apesar de parecer um valor alto, vale lembrar que diariamente acontecem diversas causalidade no trânsito e por consequência, há muita gente esperando a liberação do valor que o DPVAT proporciona. De acordo com as estatísticas, há cerca de 118 mil requerimentos do seguro.